3.12.12

Lombinhos com "manteiga de Dijon"


Cozinhar fora da minha cozinha é sempre complicado. Aqueles momentos em que me apetece começar a inventar são travados por falta de condimentos, ou por não saber onde eles estão. Quantas vezes isto é o melhor que pode acontecer, para evitar o risco de afundar o prato em demasiados sabores, impedindo a comida de saber aos seus componentes principais.
Neste fim de semana houve um jantar em que me propus fazer uns lombinhos de porco, uma carne que ultimamente uso muito, por ser fácil de cozinhar(e de arruinar também) e se prestar a muitas receitas que vão desde o simples grelhado, até ao adobo das filipinas, passando por solomilhos, saltimbocas, pica paus etc
Desta vez e por não haver uma grande despensa recheada de especiarias decidira-me por fazer a coisa simples. Alourar na frigideira e depois acabar no forno onde estariam já as batatinhas quase prontas.
Na parte da preparação inicial "semi-cozi" e sequei as batatas e temperei a carne com alho picado, louro e pimenta.
Desejoso de fazer qualquer coisa mais resolvi então preparar uma manteiga para barrar os lombinhos antes de irem para o forno  e fiz uma mistura de:

  • 1 dente de alho muito picado
  • 2 colheres de sopa com manteiga
  • 1 colher de sobremesa com mostarda de Dijon
  • pimenta
  • orégãos


Amoleci a manteiga, misturei o resto e levei ao frigorífico para recuperar a firmeza

Com tudo preparado e simplificado, sem tentações de acrescentar sabores ou modificar a receita à última hora, foi só executar.
Levei as batatas já devidamente esmurradas ao forno com dentes de alho, sal e azeite e alourei os lombinhos numa frigideira com azeite
Barrei os lombinhos com a dita manteiga e arrumei-os no centro do tabuleiro das batatas para que tudo acabasse de assar sem que os lombinhos secassem.

Acho que correu bem - eu pelo menos gostei.