12.1.07

Lombinhos de pescada com pesto e batatas gratinadas.

As motivações para cozinhar são muitas e variadas. Para além do óbvio, ou seja, da necessidade de alimentar a família, há os blogs, as memórias, os acasos, as montras de loja, a curiosidade, alimentos a pedir cozinha etc Fiz batatas gratinadas, porque vi no Get Cooking, o chef Mike Robinson a fazer esse prato (Dauphinoise potatoes) e fiquei com fome. Fiz os lombinhos porque vi ( já não sei onde ) uma receita de robalo com pesto em cama de tomate. Quantos às batatas não há muito para dizer. As batatas cortam-se às rodelas, temperam-se com sal, pimenta e alho, cobrem-se com as natas e vão ao forno. Todos os pormenores estão no vídeo do Get Cooking. Já o peixe sofreu alguns abalos fortes. Em primeiro lugar decidi usar uns lombos de pescada que tinha no congelador, pois o robalo com a pele e as espinhas ia dar mais trabalho à minha filha, que, ao jantar, não tem paciência para complicações, o que tem é sono. O peixe devia ser levado ao forno embrulhado em folha de alumínio, mas não havia disso no super-mercado e por isso fiz num pyrex. Foi assim. Comecei por untar o pyrex com um pouco de azeite, sobre o qual arrumei 3 tomates às rodelas. Temperei com sal e um pouco de alho. Por cima do tomate deitei os lombos de pescada e cobri com 3 ou 4 colheres de sopa de pesto (industrial). Completei com um pouco mais de azeite, coloquei a tampa no pyrex e levei ao forno, que já estava quente por causa do gratin, durante 20 minutos. As batatas e o peixe portaram-se muito bem à mesa e desapareceram para alegria do cozinheiro.

Sem comentários:

Enviar um comentário